Notícias

07/02/2016

Público se fez presente na primeira noite de desfiles


"Acadêmicos do Grande Vale e Vale Samba abriram os desfiles na “Avenida do Samba” na noite deste sábado (06). Hoje é a vez das escolas Unidos do Herval e Aliança."

Beleza, brilho e alegria foi o que o mais marcou a primeira noite de desfiles do Carnaval Joaçaba 2016. A Avenida XV de Novembro se transformou mais uma vez na “Avenida do Samba” e recebeu turistas de diversas partes do país. O público compareceu tanto nas arquibancadas como camarotes, na concentração e dispersão, nas janelas e também nas sacadas dos prédios ao longo de todo trajeto. Às 21 horas a Corte de honra formada pelo Rei Momo Luiz Girão, pela rainha Jorgiani Camargo e princesas Elizângela Antunes e Chaaiane Lima adentrou na passarela, juntamente com a diretoria da Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d’ Oeste (Liesjho) – entidade organizadora do evento e autoridades.

O Secretário de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, Ricardo Grando, representou o Governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Conforme Grando o governo estadual se orgulha em poder colaborar com um evento cultural tão expressivo como é o Carnaval de Joaçaba. “O governo do estado têm sido um grande incentivador desta festa. Eu tenho a convicção que todo este esforço do governo é em reconhecimento da grandeza deste lindo evento cultural que é realizado aqui”, comentou o secretário.

Também marcaram presença no evento as seguintes autoridades: o Deputado Federal, Jorginho Mello (PR), o Presidente em Exercício da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Aldo Schneider e autoridades locais e regionais que foram recebidas pelo prefeito Rafael Laske e pelo vice-prefeito Marcos Weiss.

A escola de samba, Acadêmicos do Grande Vale, caçula do carnaval de Joaçaba foi a primeira a entrar na avenida. A vermelho e branco entrou na passarela com mais de 1000 componentes divididos em 23 alas e quatro alegorias e apresentou o enredo que conta a sua história: Acadêmicos, Nosso Sonho, Nossa Paixão. Na comissão de frente uma homenagem aos principais comandantes da agremiação como o presidente Pedro Correa. Carros alegóricos grandes, samba fácil e o belo gingado do primeiro casal Fernanda Zamoner e Júlio Alberguini foram alguns dos destaques. Jorge Zamoner, carnavalesco da Acadêmicos, fez uma avaliação da escola na avenida: "apesar de alguns imprevistos foi um excelente desfile. Muitas pessoas aderiram o nosso movimento, entre elas, pessoas de Chapecó e Lages que desfilaram pela Acadêmicos. Tudo foi preparado com muito carinho e isso fez com que pudéssemos realizar este lindo espetáculo", comentou.

A Vale Samba, segunda escola a entrar na avenida, falou da fruta do pecado: a maça. Com 1200 componentes divididos em 16 alas e quatro alegorias, a Vale fez um viagem na passarela do samba, passando da arte à magia, do paraíso à umbanda, da música à saúde, da origem ao desconhecido e as transformações que ainda estão por vir. A comissão de frente usou de um tripé representando a Bíblia para fazer evoluções na avenida. Luiz Dorini - como o destaque principal no primeiro carro - chamou a atenção novamente pela bela fantasia. O samba foi cantado pelo público que fechou o desfile atrás da azul e branco. Hermes Bersaghi, presidente da Vale disse que a escola "enfeitiçou a avenida". “A energia que trouxemos para a avenida foi aquilo que trabalhamos durante o tempo todo em nosso barracão. Estou super satisfeito com a garra da família Azul e Branco, que deu um show na passarela do samba", comentou.

Neste domingo é a vez da Unidos do Herval e Aliança ocuparem a avenida. O desfile inicia às 21h00. Além dos desfiles, hoje acontece à terceira noite do Carnafolia na Arena Skol.